domingo, 22 de julho de 2012

Dragões de Ouro



Não – aqui neste tema a desenvolver – não se trata de pessoas honradas com a atribuição do galardão (Dragão de Ouro) com que anualmente, desde 1985, são distinguidos personagens da vida do F. C. Porto… em substituição do anterior Trofeu Pinga, existente até à década de setenta. Mas sim de um livro, que recebemos relativamente há poucos dias. Um livro que desconhecíamos (pois nem tudo chega a toda a parte…), mas merece ser referido.

São Dragões de Ouro os figurantes da capa, como atletas carismáticos que efetivamente receberam o referido trofeu clubista, por se haverem distinguido ao serviço do clube; mas no caso merece referência a essência do livro, que nem conhecíamos, apesar de já ter sido publicado em Novembro de 2011.

Com efeito, à imagem de outros exemplos anteriores, também damos atenção a esta edição, por um lado em virtude de já haver decorrido todo este tempo desde a respetiva disponibilidade pública, e por outro atendendo às suas características.

Ora, porque por vezes não chegamos a conhecer todas as publicações reportadas a temas do F. C. Porto, foi com admiração que vimos este livro, aliás numa agradável surpresa que chegou como prenda de aniversário pela mão de meu neto, com a chancela dos pais evidentemente. E, logo folheando tal obra, como não poderia deixar de ser, dei comigo a pensar como uma vez pelo menos, ao contrário de outras ocasiões entretanto acontecidas, também adeptos de outros clubes sabem fazer trabalhos escorreitos sobre o F. C. Porto. O que se deduz facilmente, quanto à cor clubista da autoria, visto os autores deste volume haverem anteriormente feito idênticos trabalhos sobre os dois clubes rivais de Lisboa, além do desenhador ser mesmo caricaturista do jornal vermelho do clube do regime. Sendo caricaturista um deles, por as ilustrações serem através de caricaturas, uma pecha que se nota, não pela qualidade artística, pese a sensibilidade clubista poder interferir, mas à falta de documentação visual. Que já na escola primária gostávamos de ver figurinhas nos livros e pelo correr da vida sempre apreciamos fotos e gravuras, quais imagens documentais, as tais que falam por mais de mil palavras.


Fica então esta justificada alusão a um livro que veio enriquecer nossa biblioteca Portista. Um bom apanhado de "HISTÓRIAS QUE FIZERAM DO F C PORTO UM DOS MAIORES DO MUNDO". Além de felizmente ser um livro que refere curiosidades das mais recentes décadas da vida do F. C. Porto, a pontos de registar, num percurso pela «fantástica viagem à maravilhosa história europeia do F.C. Porto», alguns factos curiosos, sempre dignos de ficarem perpetuados. Tal qual, a propósito da vitória no Prater em Viena, foi o caso duma empresa ter oferecido dois quilos em ouro, na soma de um quilo por cada golo marcado pelo F. C. Porto. Algo que se figurar no próximo espaço museológico Portista, por certo, será apenas em fotografia, não vá haver tentações com a crise atual monetária criada pelos políticos…

© Armando Pinto

=== Clicar sobre as imagens, para ampliar ===

Recordação: Biblioteca Portista in





(Clicar sobre os links referidos, para aceder diretamente. Caso apareça uma mensagem de perigo, deve clicar-se em "continuar" - pois não tem interferência).

1 comentário:

  1. Mais um para a biblioteca.

    E já agora, com toda a pertinência:
    PARA QUANDO UM "DRAGÃO DE OURO" AO SR. ARMANDO PINTO, senhores do FC Porto?

    Abraço.

    ResponderEliminar