segunda-feira, 18 de março de 2013

Mais Recordações (continuadas) d’ O Porto…

 

Na linha do anterior apontamento aqui anotado, voltamos ao tema do antigo jornal do clube, O Porto, órgão que anteriormente tivera outras experiências e denominações. Iniciado com o nome O Porto em 1949 e, com algumas interrupções, pelo meio, ao longo dos anos, veio a terminar depois que foi substituído pela revista Dragões, embora o jornal e a revista ainda tenham coexistido (editados em simultâneo, perante publicação mensal da revista e do jornal quinzenalmente) durante cerca de um ano, visto a Dragões ter surgido em 1985 e O Porto haver chegado até 1986.

   

Ora, como ainda por estes dias estivemos virtualmente à conversa com um amigo, através de mensagens sobre o tema, aproveitamos a oportunidade para deitar mão de mais algumas imagens de arquivo, neste caso sobre exemplares do referido órgão informativo azul e branco. Guardados que temos alguns números entre recordações, além de páginas em que constam os artigos com que colaboramos no mesmo jornal, em tempos, e diversos recortes e folhas avulsas, naturalmente.

   

Por isso colocamos a encimar esta lembrança uma vista parcial da 1ª página do O Porto correspondente ao número da vitória na Taça de Portugal de 1968, intercalando depois uma peça (de 1978) referente ao historial do jornal, até àquele ano, e de seguida o número mais recente que guardamos, respeitante ao título nacional de 1985/86, do qual respigamos a ficha técnica, onde constava ainda o nome dos correspondentes naquele tempo…

 

…e, por fim, uma coluna com referência ao aniversário do jornal, em sinal de que o mesmo existiu pelo menos até à Primavera / Verão de 1986.

.

Armando Pinto 

»»» Clicar sobre as imagens, para ampliar ««« 

A propósito, relembre-se, entre alguns outros, também anteriores posts relacionados, como (clicando em) 


A. P.

3 comentários:

  1. Peças de museu (PORTO!) que é bom rever.
    Armando, com um espólio de museu... VIVO.
    Sempre, OBRIGADO.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Fantástico, Armando Pinto.

    Estou em crer que o jornal relativo ao bi-campeonato 85-86 deve ser dos últimos. Mas vamos continuar a investigar e haveremos de lá chegar.

    Eu tenho o número anterior ao do bi-campeonato.

    Um abraço e parabéns pelo post.

    ResponderEliminar
  3. Armando, Taça de Portugal de 1968, o único copo de água na longa travessia do deserto.

    Abraço

    ResponderEliminar