sexta-feira, 15 de agosto de 2014

F C Porto – Marítimo: a propósito da abertura do Campeonato da Liga, uma rememoração histórica…


O jogo do F C Porto contra o Marítimo, ao fim da tarde desta sexta-feira, dá no estádio do Dragão o pontapé de saída no campeonato da Liga Portuguesa de 2014/2015. Sob cenário interessante do entusiasmo verificado em torno da equipa portista.

Cientes das dificuldades que as equipas adversárias normalmente colocam às equipas do F C Porto, naquela atitude dos mais fracos se tentarem agigantar frente aos melhores, e diante do campo de visão coincidente com a estreia da equipa e do próprio treinador atual do F C Porto, os futebolistas do F C Porto vão ter de dar o seu melhor, até porque, como se costuma dizer, o melhor é começar bem…

Deixando outras considerações, derivado a tudo estar dito e repetido nos quadrantes que se dedicam às respetivas análises e devidas apresentações, apenas recordamos a tradição mais usual dos confrontos entre o F C Porto e o Marítimo, no Porto, contando-se maioritariamente em vitórias portistas as vezes que as formações maritimistas vieram jogar aos terrenos do F C Porto. A pontos de, para o Campeonato Nacional (atual Liga), em casa, portanto, o F C Porto ter até agora vencido 34 jogos e apenas empatou por duas vezes, diante dos verde-rubros insulares.


Obviamente que houve mais jogos entre os dois contendores, em apreço, somando 83 o total dos jogos, em casa e fora e para diversas competições, num apuro resultante em 59 vitórias do F C Porto. Enquanto o Marítimo só em 10 jogos alcançou vitórias, dividindo ainda ambos os pontos em 14 empates. Havendo as hostilidades tido início nos princípios dos anos trintas, mais precisamente em 1931, em jogo a contar para o antigo Campeonato de Portugal, tendo o F C Porto ido triunfar à Madeira por 1-2, através de dois golos marcados por Acácio Mesquita. Depois disso sucederam-se diversos jogos, ao longo dos anos, quer para o Campeonato de Portugal como para a Taça de Portugal, até à década dos anos cinquentas. Até que, já nos anos setentas, finalmente o F C Porto encontrou o Marítimo para o Campeonato Nacional, em 1977/78, depois da subida de divisão da equipa da ilha Jardim, como é cantada na música tradicional. Então, após uma vitória do F C Porto na Madeira, por três golos contra um de honra dos visitados, num jogo disputado à noite em acerto de calendário à primeira volta, depois o F C Porto recebeu o Marítimo na primeira vez caseira para o campeonato, já em 1978.

Desse jogo para o Campeonato Nacional, do primeiro aperto de mãos entre representantes do F C Porto e do Marítimo para a prova nacional mais importante, no decurso da segunda volta, ficou uma esclarecida vitória dos anfitriões, por 3-0, com dois golos de Oliveira e um de Ademir. Triunfo que, com desejo que se repita, registamos em recorte digitalizado da respetiva ficha do jogo, conforme está na publicação “Futebol Clube do Porto Campeão Nacional de Futebol 1977/78”, edição “Golo-O Desporto em Revista”.


E como naquela vez primeira para o Campeonato deu bom resultado, inclusive com a conquista tão ambicionada do Campeonato pelo F C Porto, fazemos conta que este resultado de boa memória traga bom augúrio, agora, para a reconquista, ora em marcha!

Armando Pinto

((( Clicar sobre as digitalizações, para ampliar )))

2 comentários:

  1. É grande o desequilíbrio dos resultados entre os dois contendores de logo à tarde, que traduz uma superioridade incontestável do FC do Porto que lhe confere desde logo a "obrigação" de somar mais um êxito jogando além do mais no seu estádio.

    Contando com o habitual retraimento ofensivo das equipas menos poderosas quando se deslocam ao Dragão, estou confiante de que o FC do Porto está bem preparado para enfrentar os insulares e vencerá com naturalidade, mais golo menos golo.

    Hoje, o ambiente reinante à volta da equipa da equipa é completamente distinto do que se viveu na época anterior. Pelo que os indicadores nos mostram, tudo mudou para melhor e os resultados vão corresponder à qualidade que se declara nos aspetos mais importantes que garantem o êxito: competência da equipa técnica, bons jogadores e trabalho honesto. Tem que dar certo.

    Abraço.


    DRAGÃO, SEMPRE!

    ResponderEliminar
  2. TUDO TRANQUILO NO REINO DO DRAGAO...enquanto rojo e slimani deixam alvalade a arder e luisao enzo e nico o galinheiro a fumegar, o fc porto armou o seu plantel, segurou jackson, fez a sua prè època cumprindo com todos os passos necessarios para que hoje um imenso tsunami azul e branco de ilusao, alegria e paixao, encha ruas e avenidas da invicta cidade do porto, bandeiras da cor do ceu desfraldadas ao vento,com todos os caminhos desta verdadeira romaria tripeira a ter um sò destino, encher o estàdio do dragao numa das maiores enchentes de sempre, a cobertura televisiva e respectiva transmissao na rtp internacional, e em canais como o espn+ para toda a america, com grande publicidade e promoçao do jogo com grande destaque para o chà chà chà JÀCKSON MARTINEZ como figura de grande goleador CRACK MUNDIAL e para o FCPORTO a cada momento, dao ao jogo dimensao mundial e um rating NUNCA VISTO numa primeira jornada do futebol portugues, SEREMOS MILHOES de portugueses e de estrangeiros que disfrutaremos deste jogo que estou seguro deixarà mais uma vez o nome do FUTEBOL CLUBE DO PORTO nas bocas do mundo, hoje a partir das 20 horas portuguesas, na venezuela, no brazil, na colombia, na argentina, no mexico, no uruguay, no chile, em toda a amèrica do sul, mas tambem là em cima nos estados unidos e canada sem esquecer a espanha, vao soprar os ventos do norte, os coraçoes azuis vao acelarar, vamos vibrar em cada lance, sofrer, rir, cantar, gritar cada golo numa enorme explosao de alegria, de raça e de querer de gente feita para vencer, no fim o que todos queremos...UM FELIZ REGRESSO A CASA.
    PORTO, PORTO,PORTO, MAIS UMA ALEGRIA MAIS UMA VITÒRIA....
    TENHO FÈ, ACREDITO SEMPRE...O NOSSO DESTINO È VENCER, VIVA O FC PORTO, VIVA PINTO da COSTA, VIVA PORTUGAL.

    Alvarinho Fcportocaracas Moreira

    ResponderEliminar