Reconstituição Histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Reconstituição histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Criar é fazer existir, dar vida. Recriar é reconstituir. Como a criação e existência deste blogue tende a que tenha vida perene tudo o que eleva a alma portista. E ao recriar-se memórias procuramos fazer algo para que se não esqueça a história, procurando que seja reavivado o facto de terem existido valores memorávais dignos de registo; tal como se cumpra a finalidade de obtenção glorificadora, que levou a haver pessoas vencedoras, campeões conquistadores de justas vitórias, quais acontecimentos merecedores de evocação histórica.

A. P.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Artur Augusto: Primeiro Internacional de Futebol do F C Porto


Estando-se em maré de curiosidades relativas ao percurso futebolístico azul e branco, após a obtenção do golo 5000 do F C Porto em jogos a contar para o campeonato português, ultrapassando a fasquia de 7000 em todas as provas oficiais de futebol senior; e quando o campeonato da Liga portuguesa ganha novo fôlego com o recente empate entre os rivais da segunda circular lisboeta… a proporcionar importante aproximação do F C Porto do primeiro lugar, abrindo consequente possibilidade de reconquista do título de campeão; é oportuno recordar-se uma outra curiosidade relacionada com os pontapés na bola de antigos jogadores que vestiram a camisola do F C Porto nos tempos das chuteiras de travessões.

Vem assim a talhe de foice uma rememoração sobre o que primeiro esteve presente numa equipa tida como seleção nacional, tornando-se desse modo oficialmente o primeiro internacional do F C Porto. Tal foi o caso de Artur Augusto.

Estava-se então nos inícios dos anos vinte, do século XX. Mas algo chegou a nossos dias por via de crónicas evocativas. Em vista disso, evocamos desta feita a imagem desse pioneiro, o primeiro selecionado para a equipa representativa do organismo do futebol português, através de alguns excertos de publicações que temos, felizmente. A começar por um recorte do jornal O Porto, de fascículos duma brochura dos “Internacionais do F. C. Porto”, de Rodrigues Teles (de cuja coluna é a imagem cimeira, que colocamos ao cimo deste artigo).


Seguem-se, pela ordem de publicação com respetiva legenda, alguns extratos, mais:

- “A Vida do Grande Clube Nortenho (2)”, por Luís César, nº Extra (em dois pequenos livros) das Seleções Desportivas, em 1978.

- Enciclopédia do Desporto, volume 2, edição Quidnovi, em 2003.

E, por fim, uma ilustração sobre a equipa dessa seleção primeira que disputou esse primeiro jogo...

- Imagem e legenda de “Colecção Equipas”, nº 1, das “Selecções Desportivas, edição de 1977.

Armando Pinto


((( Clicar sobre as imagens, para ampliar )))

1 comentário:

  1. Mais um nome importante do F.C. Porto e que é sempre bom lembrar.
    Realmente o Artur Augusto tinha que ser mesmo um grande jogador para ser convocado para a Selecção Nacional, ou Selecção lisboeta.

    Abraço

    ResponderEliminar