Reconstituição Histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Reconstituição histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Criar é fazer existir, dar vida. Recriar é reconstituir. Como a criação e existência deste blogue tende a que tenha vida perene tudo o que eleva a alma portista. E ao recriar-se memórias procuramos fazer algo para que se não esqueça a história, procurando que seja reavivado o facto de terem existido valores memorávais dignos de registo; tal como se cumpra a finalidade de obtenção glorificadora, que levou a haver pessoas vencedoras, campeões conquistadores de justas vitórias, quais acontecimentos merecedores de evocação histórica.

A. P.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Efeméride do Dia – a 1ª Bota d’Ouro de Fernando Gomes


Vem hoje a talhe recordar a primeira Bota de Ouro recebida pelo Gomes do FC Porto, a propósito de neste dia ser esta a efeméride de realce.  

Com efeito… «Há 33 anos, a 8 de novembro de 1983, Fernando Gomes recebeu em Paris a primeira das duas botas de ouro que conquistou na carreira. Esse primeiro troféu reportava-se à época de 1982/83, quando o goleador portista fez 36 golos num campeonato de 30 jornadas. Gomes viria dois anos depois a ficar com o par de botas de ouro, quando repetiu a proza, marcando 39 golos numa edição do campeonato de 1984/85.»

As botas de ouro do Gomes felizmente podem ser vistas no Museu do FC Porto By BMG e estarão para sempre na afeição dos apoiantes portistas, sendo que Gomes se tornou no maior goleador de sempre do futebol portista e mesmo português de nascimento, entre os melhores marcadores do campeonato nacional nascidos em Portugal e sem nunca terem tido outra nacionalidade.

Como lembrança, na pertinência do primeiro desses feitos internacionais que Gomes conseguiu, recordamos uma reportagem alusiva da revista Onze, dessa temporada.


Armando Pinto
((( Clicar sobre as imagens, para ampliar )))

Sem comentários:

Enviar um comentário