quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Reinaldo Teles - Um Homem Fiel do FC Porto


Porque a Memória Portista se faz também fazendo memória  passe a redundância mas com extensão propositada de reforço  e porque pode um motivo especial dar mote para algo que mereça lembrança, serve a preceito a passagem do dia de aniversário respetivo para aqui se fazer uma homenagem assinalável, ainda que por este simples meio, a um nome que figura gloriosamente na História do FC Porto, como é o caso de Reinaldo Teles: Dirigente para sempre ligado a grandes momentos do futebol azul e branco, associado a grandes alegrias da família portista.  


Com efeito, segundo dados conhecidos de publicações normais, neste dia “faz anos” o senhor Reinaldo Teles. Um senhor na vida portista. Sendo que no dia 14 de Fevereiro de 1950 nasceu Reinaldo Teles, figura emblemática do FC Porto, onde entrou como pugilista e mais tarde passou a ser chefe do departamento de futebol profissional do FC Porto, enquanto depois continuou como um dos diretores do FC Porto Futebol SAD e colaborador atento ao futebol do clube.


Dispensa muitas palavras o carisma de tal dirigente, mesmo porque sempre foi mais homem de ação que de palavras. Acrescentando-se simplesmente, como amplexo de parabéns, o que sobre o mesmo, personagem portista em apreço,  está registado no livro “FC Porto figuras  & factos 1893-2005”.


Armando Pinto
((( Clicar sobre as imagens, para ampliar )))

5 comentários:

  1. Reinaldo Teles é a verdadeira sombra e socorro de Pinto da Costa, por isso tão valioso com o presidente. Quantas vezes foi ele que resolveu imbróglios, quantas vezes foi ele a solução para muitos e complexos problemas... Creio que a a justiça ainda não lhe foi feita. Felizmente há blogues como este.... Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Enormíssimo dirigente. Bem haja por uma vida dedicada ao F. C. do Porto.

    ResponderEliminar
  3. Apoio aos bons escritores e jornalistas15 de fevereiro de 2017 às 16:44

    No dia em que o pasquim mourisco correio da manha fez dos piores papeis de sempre, mandando uma aprendiz de escrevinhadora como os seus jornaleiros de ordenados menos de mínimos, ao menos aparece uma boa posta conforme se lê neste blogue. Salva-se quem mesmo sem ganhar nada sabe ser publicista.

    ResponderEliminar
  4. Aviso pessoal à navegação: - Aqui o autor deste blogue já descobriu quem é um dos anónimos que por vezes aparece por aqui... Sabendo que há outro, mas cada um acaba por deixar um rabo de fora, como se costuma dizer figuradamente.
    Dixit!
    Armando Pinto

    ResponderEliminar