Reconstituição Histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Reconstituição histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Criar é fazer existir, dar vida. Recriar é reconstituir. Como a criação e existência deste blogue tende a que tenha vida perene tudo o que eleva a alma portista. E ao recriar-se memórias procuramos fazer algo para que se não esqueça a história, procurando que seja reavivado o facto de terem existido valores memorávais dignos de registo; tal como se cumpra a finalidade de obtenção glorificadora, que levou a haver pessoas vencedoras, campeões conquistadores de justas vitórias, quais acontecimentos merecedores de evocação histórica.

A. P.

sábado, 5 de maio de 2018

Lembranças memoráveis do célebre Título Nacional de 1978… do FC Porto!


Estava como hoje um dia de sol de criar boa disposição, qual complemento perfeito ao espírito reinante no ânimo pessoal-portista, naquele sábado da véspera do jogo de decisão da então possível conquista do título de campeão nacional de futebol de 1977/78, corria o mês de Junho de 1978. Tal como agora, ao raiar ainda de maio de 2018, cerca de quarenta anos depois, está um lindo sábado a fazer antever mais um domingo à medida dos sonhos, com o FC Porto a poder sagrar-se máximo campeão nacional. Pese as diferenças de naqueles tempos passados o estádio das Antas ter albergado cerca de setenta mil almas, como faz parte dos relatos históricos da época e ainda lembra pelo aperto sentido na ocasião, em que um lugar nos degraus das bancadas era ocupado por coisa de pelo menos umas três pessoas, com tudo em pé, enquanto hoje o bonito e cómodo estádio do Dragão não chega bem aos cinquenta mil lugares, naturalmente com todos sentados em lugares numerados, contudo sem chegar para muitos dos tantos que gostavam de estar presentes como em tantas e tantas ocasiões. Porque o Portismo não se mede, mas sente-se, perto ou longe, com mais ou menos possibilidades, com maior ou menor dose de carga cardíaca e mesmo limitações físicas de saúde, além de tudo o mais.


Ora passado esse diferencial de tempo e vencidas as contrariedades que se depararam nos anos ainda recentes, como é também da história (e presentemente até da investigação judicial!), o mundo do FC Porto vive presentemente uma época com algumas semelhanças, ante a possibilidade da recuperação do título de vencedor do campeonato nacional.


Chegada esta ocasião, calha a propósito lembrar esse célebre Título Nacional de 1978. Vindo a talhe umas lembranças relacionadas, por meio dum artigo publicado depois no jornal O Porto (num tempo em que, embora residente deveras fora da cidade, também colaborava com o órgão oficial do clube, ao tempo), do qual ainda guardo o rascunho manuscrito enviado, mais tarde publicado no jornal do FC Porto com as diferenças que se podem ainda ver. Assim como o resto.


Desse tempo, acrescente-se, quanto ao mesmo campeonato finalmente alcançado, em 1978: é interessante ainda rever as opiniões expressas por figuras de antes e depois da história do clube, como enquadramento histórico também.

Armando Pinto
((( Clicar sobre as imagens, para ampliar ))) 

Sem comentários:

Enviar um comentário