Reconstituição Histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Reconstituição histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Criar é fazer existir, dar vida. Recriar é reconstituir. Como a criação e existência deste blogue tende a que tenha vida perene tudo o que eleva a alma portista. E ao recriar-se memórias procuramos fazer algo para que se não esqueça a história, procurando que seja reavivado o facto de terem existido valores memorávais dignos de registo; tal como se cumpra a finalidade de obtenção glorificadora, que levou a haver pessoas vencedoras, campeões conquistadores de justas vitórias, quais acontecimentos merecedores de evocação histórica.

A. P.

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Romagem reverencial à memória do guarda-redes Armando


Passados dias do falecimento de Armando, guardião das balizas do Futebol Clube do Porto e do Sporting de Braga em grande parte da sua carreira, apraz fazer uma vénia perante sua marca terrena, por ter sido um campeão de vida, no aspeto de ter sabido originar amigos para a vida toda. Falando em meu nome pessoal, como homenagem eterna, pois a memória dos que nos tocaram no íntimo sempre ficarão em nós, como foi com Armando – o senhor Armando que tive a honra de ter como amigo, por quem tinha admiração pelo então guarda-redes portista e pelo homem que conheci de conversas sobre futebol e especialmente da vivência do FC Porto nessas épocas.

Curvamo-nos assim perante o vulto imorredouro de Armando Pereira da Silva, o guarda-redes Armando.

O Sr. Armando que na minha juventude eu tinha na ideia como “o dos penaltis” por ter nas suas qualidades também a característica de especialista de defender os remates de grande penalidade, continua a fazer parte da memória portista, no caso, enquanto houver pelo menos um portista com apreço pela memória histórica do FC Porto.


Numa noção de afeto e admiração, tal como se costuma dizer que “nunca se morre quando se vive no coração das pessoas”, Armando Silva, eterno guarda-redes de futebol português, continua vivo nas pessoas que dele gostavam. Motivo que leva a este artigo de evocação respeitosa, como preito a tudo o que representou. Na linha do que ao longo de alguns anos foi possível transmitir neste e noutros espaços da blogosfera, e sei que ajudou a dar-lhe algum lenitivo nos últimos anos de vida, depois que a doença começou a fazer-se sentir fisicamente.


Entretanto, o seu legado de guardião das balizas foi sendo continuado pelo filho, que de permeio com sua formação académica também teve carreira desportiva e atualmente é um dos guarda-redes das Velhas Guardas do FC Porto...


... e depois em tempos mais recentes por um neto, o que lhe dava grande orgulho - como está patente nesta foto. Enquanto o seu acompanhamento do FC Porto nunca parou, sendo deveras sintomática a imagem que de seguida aqui se regista, com Armando Silva ao lado de Pinto da Costa, presidente do FC Porto, noutros tempos seu colega da seleção junior da Associação de Futebol do Porto. 


Como nalgumas datas anuais, durante anos recentes, aqui neste blogue lhe fui colocando algumas referências em artigos dedicados pelo seu aniversário, tinha na ideia de em Outubro deste ano publicar uma foto no respetivo artigo, por entretanto haver descoberto uma imagem da equipa do FC Porto do tempo em que ele subiu a senior, mais propriamnente da deslocação do FC Porto a Moçambique em que Armando esteve incluído, em 1958. Foto que aqui juntamos, conforme consta de um dos pequenos livros da coleção Ídolos do Desporto, em voga nesse tempo.


Neste âmbito, de reforço a tê-lo em eterna recordação, lembramos na imagem cimeira a camisola do FC Porto cuja oferta ele intermediou com o então capitão de equipa Pavão, camisola essa recebida em mãos corria 1972 e tenho guardada, como relíquia que é, emoldurada no meu gabinete doméstico. E com a certeza que jamais será esquecido, aqui juntamos algumas imagens que ajudam a recordar esse guardião do FC Porto, celebrando sua memória porque gostamos de o lembrar, ele que foi alguém especial.


Com a devida vénia, juntamos algumas fotos de seu percurso, como relevo à dimensão de sua existência.



Armando Pinto
((( Clicar sobre as imagens, para ampliar )))

1 comentário:

  1. Armando Gonçalves Silva21 de fevereiro de 2018 às 19:52

    (...) Partiu mais um ícone do futebol Português.O Keeper Armando,foi um dos melhores Guarda-redes que passou pelos estádios do futebol a alto nível.Saudades amigo. Paz à sua alma.

    ResponderEliminar