sábado, 9 de janeiro de 2016

F C Porto sobre rodas…


Vive-se no F C Porto momentos deveras importantes, no decurso da existência do grande clube Dragão. Quer a nível do futebol profissional, com o desenrolar da atualidade, como se sabe, assim como nas modalidades de pavilhão, piscina e ringue, por estarem a consolidar a contemporânea desenvoltura eclética; bem como, ainda, passando aos percursos de ar livre, também no desporto das bicicletas, o ciclismo que está de volta, em recuperação da antiga mística levada até regiões distantes.


Assim, nestas deambulações memoriais, passamos pela secção de ciclismo, agora que o F C Porto incorpora o novo projeto da recém formada equipa W52-F C Porto-Porto Canal. Estando-se em inícios de corrida, na fase de organização e apresentação.

Como tal, também enquanto estamos à espera de saber qual o design do equipamento da nossa equipa, e se aguardam mais novidades relacionadas com a formação e tudo o mais, ficou-se por estes dias a saber que para a semana, esta próxima já, os ciclistas azuis e brancos vão ter o primeiro estágio da época, na zona do Grande Porto.

Ora, durante este período em que ainda se não conhecem publicamente fisionomias dos novos ciclistas do F C Porto, naturalmente equipados à Porto, pode-se entretanto ir mitigando a espera com algumas gravuras de outros tempos.


Assim sendo, para avivar memórias de épocas em que o ciclismo preencheu tempo de antena das atenções portistas, antes e depois de haver televisão, recordamos mais algumas caras e momentos do ciclismo do F C Porto, através de mais algumas imagens (de arquivo aqui do autor destas letras), com ciclistas que vestiram a camisola do F C Porto. Desde uma imagem icónica, dum triunfo sobre a meta, entre os símbolos da iconografia clubista da atual equipa ciclista, e (na imagem acima) uma equipa antiga que englobava nomes como Armindo Gonçalves, Artur Coelho, Sousa Santos (pai), Onofre Tavares, Cerqueda, Emídio Pinto, Carlos Carvalho e Carlos Pinheiro; até, passando em espécie de rapsódia visual e cronológica por uns Sousa Cardoso e Mário Silva (foto dupla), Joaquim Leão e Alberto Carvalho (fotos individuais), mais (em pose conjunta) alguns dos componentes da equipa que venceu coletivamente a Volta a Portugal de 1969, vendo-se Custódio Gomes, Joaquim Leite, Cosme de Oliveira, Hubert Niel, Luís Pacheco, José Azevedo e Joaquim Leão, na volta de honra pela antiga pista das Antas (em dia de jogo de futebol da equipa principal), a mostrar ao público a taça dessa vitória por equipas…


Armando Pinto
((( Clicar sobre as imagens, para ampliar )))

1 comentário:

  1. Belas recordações. Então a pista de ciclismo no Estádio das Antas ...

    ResponderEliminar