Reconstituição Histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Reconstituição histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Criar é fazer existir, dar vida. Recriar é reconstituir. Como a criação e existência deste blogue tende a que tenha vida perene tudo o que eleva a alma portista. E ao recriar-se memórias procuramos fazer algo para que se não esqueça a história, procurando que seja reavivado o facto de terem existido valores memorávais dignos de registo; tal como se cumpra a finalidade de obtenção glorificadora, que levou a haver pessoas vencedoras, campeões conquistadores de justas vitórias, quais acontecimentos merecedores de evocação histórica.

A. P.

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Falecimento de Benjamim Gomes, antigo basquetebolista campeão do FC Porto


Nem sempre as notícias chegam a todo o lado e a alguma distância física então mais ainda. Não sendo assim possível aqui ir assinalando muitas ocorrências relacionadas com toda a Gente do FC Porto, entre atletas, dirigentes, funcionários e outros membros da estrutura clubista, para já nem falar em amigos consócios, naturalmente. Mas por vezes ainda chegam ao conhecimento pessoal determinadas situações, boas ou não, relativas a Nomes do FC Porto que conhecemos, pelo menos visualmente, de os ter visto ou sentido representarem o nosso F C Porto. Tal o caso agora a registar e dar a conhecer a todo o mundo portista, porque todos os que souberam dignificar o FC Porto e nos deram momentos felizes de Portismo são nossos ente queridos pelo sangue afetivo do coração Portista.

Ora, chegou-nos agora notícia do falecimento do antigo basquetebolista Benjamim, falecido um destes dias algo recentes. Agradecendo tal conhecimento a um também antigo e sempre atual amigo, dos da velha guarda de antiga convivência entre atletas das modalidades e apoiantes entusiastas. Relatando-nos o igualmente antigo hoquista Fernando Barbot : «Morreu há dias um antigo Campeão de “Basket”, o Benjamim. Pertenceu à equipa que foi campeã nacional em 1972. Dessa equipa faziam parte, também, Manuel António, Portela, Babo, Fernando Gomes, o grande Dale Dover, etc. Época em que hoquistas iam ver basquetebol e vice-versa».

Recordo-me bem de ver a amizade existente entre hoquistas, basquetebolistas e andebolistas. Inclusive a primeira vez que me foi apresentado o Cristiano, estava junto o Tavares da Rocha, por exemplo, e com os irmãos Barbots e Jorge Câmara pude conversar de modo interessante com o então “barbas” Manuel António, do basquete. Querendo com isto dizer que no amplexo do mundo azul e branco toda a gente é importante e tudo o que se viveu e sente tem significado. Não podendo assim deixar de se noticiar o desaparecimento de mais um antigo valor do FC Porto, como foi assim com o recente falecimento do basquetebolista Benjamim Gomes, o base da equipa de Dale Dover.


Homenageando a memória do Benjamim do basquete do FC Porto, ilustra-se esta crónica com uma imagem de arquivo pessoal, com autógrafos coevos e tudo o mais que se pode ver, da equipa portista que em 1971/72 venceu tudo o que havia para ganhar, a nível Regional, Metropolitano (em tempo que também se disputava o Campeonato da Metrópole, de apuramento para a fase final com os clubes das então províncias ultramarinas) e por fim Nacional.  Incluindo autógrafo do célebre Dale “Flash” Dover, de boa memória, embora também de Fernando Gomes da Silva, de atual fraca impressão…


Recordamos assim o Benjamim, atleta de basquetebol dos tempos românticos do desporto amador. Paz à sua alma. Sendo mais uma Estrela do FC Porto no firmamento celeste que pode no Além velar pelo Bem, tal o que representa a Mística Portista.

Armando Pinto

((( Clicar sobre as imagens, para ampliar )))

Sem comentários:

Enviar um comentário