Reconstituição Histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Reconstituição histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Criar é fazer existir, dar vida. Recriar é reconstituir. Como a criação e existência deste blogue tende a que tenha vida perene tudo o que eleva a alma portista. E ao recriar-se memórias procuramos fazer algo para que se não esqueça a história, procurando que seja reavivado o facto de terem existido valores memorávais dignos de registo; tal como se cumpra a finalidade de obtenção glorificadora, que levou a haver pessoas vencedoras, campeões conquistadores de justas vitórias, quais acontecimentos merecedores de evocação histórica.

A. P.

terça-feira, 8 de outubro de 2019

Efeméride do dia - (Mais) Uma goleada do FCP ao Benfica


A 8 de Outubro de 1950, «no Campo da Constituição, o FC Porto de Anton Vogel recebia e vencia o Benfica por 5-2 em jogo da quarta jornada da Liga, mesmo sem Hernâni, a contratação e sensação do momento que não entrava nas contas do treinador romeno nascido em Viena e radicado em Birmingham. Vital e Monteiro da Costa bisaram e Nelo fez o resto, de pouco valendo aos “encarnados” os dois golos de José Águas.»


Assim é recordado hoje em “Dragões Diário” o facto que serve a preceito para a efeméride desta data. E como dá especial sensação vencer e convencer diante dum adversário de estimação, sobretudo sendo numa superação sempre difícil contra o clube protegido do regime, assinala-se também aqui o caso. Porque sempre dá gozo saber que o FC Porto venceu antes, como depois, tal como vencerá sempre.  


Como ilustração apropriada, adorna-se o tema com colocação duma correspondente “separata” (como ao tempo, por ser imagem separada duma publicação, se chamava a um poster, conforme agora é conhecida qualquer gravura de formato médio ou grande). Fixando à posteridade a pose das linhas avançadas dos dois clubes em confronto, antes de iniciarem um importante jogo dos que por esses tempos se realizaram no recinto do FC Porto, não estando na imagem Vital mas tendo entre os avançados Nelo Barros, dos nomes referenciados na efeméride.

Na linha de recordação, a propósito, recordamos também a estada de Anthony Vogel no clube portista.


E, como remate mais consentâneo, junta-se imagens do próprio Porto-Benfica de 1950 – deitando mão a gravuras publicadas na revista Stadium, de Lisboa, em seu número de 11 de outubro de 1950.


De acrescentar ainda, na visão destas imagens coevas: Esse jogo teve mais uma particularidade relevante, também, como foi o regresso de Araújo depois de uma lesão no joelho, após paragem de cerca de dois anos e meio.


Armando Pinto
((( Clicar sobre as imagens )))

Sem comentários:

Publicar um comentário