Reconstituição Histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Reconstituição histórico-documental da Vida do FC Porto em parcelas memoráveis

Criar é fazer existir, dar vida. Recriar é reconstituir. Como a criação e existência deste blogue tende a que tenha vida perene tudo o que eleva a alma portista. E ao recriar-se memórias procuramos fazer algo para que se não esqueça a história, procurando que seja reavivado o facto de terem existido valores memorávais dignos de registo; tal como se cumpra a finalidade de obtenção glorificadora, que levou a haver pessoas vencedoras, campeões conquistadores de justas vitórias, quais acontecimentos merecedores de evocação histórica.

A. P.

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Revistas sobre o FC Porto e à Porto


Porque a memória é feita de várias maneiras e feitios, constando de diversos modos e através de diversificados meios, também o que se relaciona com a vida do FC Porto, em registos impressos e mostras gráficas, está nas clássicas revistas, publicações assim conhecidas por fazerem uma espécie de revista sobre algo, no caso referente ao mundo portista. Assim sendo, para guardar esse conjunto de memórias possíveis, em material folheável e de acesso visual à mão de pegar, ver e ler, além de livros e jornais, existem as revistas.


Desse género de publicações também o FC Porto tem a revista Dragões, órgão oficial escrito e impresso que substituiu o antigo jornal O Porto, embora de diferente modo. Pois que enquanto o jornal narrava e registava a vida e atividades do FC Porto regularmente, em feição historiadora, com registos que chegaram à posteridade, a revista é de forma mais literária e de função representativa de imagem de marca, sem perder o cunho de comunicação clubística. Publicação esta que inicialmente esteve, pelo contexto, para se chamar Porto em Revista, mas vingou ter por título o nome característico do mundo englobado por atletas e apoiantes do emblema encimado pela figura do Dragão. Bem como durante algum tempo houve a revista Mundo Azul, publicada em nome do Conselho Cultural do FC Porto. E mesmo revistas da antiga Loja Azul e outras do Departamento Comercial, etc. e tal.


Em toda esta envolvência, é de registar assim que a memória portista também percorre o que há em revistas, quer nas publicadas pelo clube, como por outras origens, desde editoras até edições especiais acompanhantes de jornais, incluindo revistas propriamente, de títulos próprios. Sendo grato aqui ao autor e gestor deste blogue possuir algumas, pelo menos, do que tem sido possível conhecer e obter. Que o mundo azul e branco também é colecionável, havendo gosto em preservar o que existe sobre o FC Porto, a contar do que é ser pelo Porto, tudo o que seja à Porto.


Armando Pinto
((( Clicar sobre as imagens, para ampliar )))

Sem comentários:

Publicar um comentário